André Komatsu

1978, São Paulo – Brasil

Vive e trabalha em São Paulo

Contato: kawakoma@gmail.comwww.andrekomatsu.com

 

Representação

Galeria Vermelho, São Paulo, Brasil – https://www.galeriavermelho.com.br

Galleria Continua, San Gimignano, Itália – https://www.galleriacontinua.com

 

Educação

1998/2000 – Artes visuais na Fundação Armando Álvares Penteado (FAAP) – São Paulo

 

Exposições individuais

 

2018

Estrela escura – Galeria Vermelho, São Paulo – Brasil

Ordem Casual – Futurdome, Milão – Itália

Estados de exceção – Galeria Dieeke, Santiago – Chile

2017 

When the sun falls down – Cont(in)una Project/ Galleria Continua, Pequim, China

Construção de Valores – Redbull Station, São Paulo, Brasil

2016

The Concrete that Make Us – The Civic Room – Glasgow international Festival, Reino Unido

Guias e Subúrbios – Galeria Lucia Puente, Lima, Peru

2015

White noise – Palazzo Pamphilj – Galeria Cândido Portinari, Roma,Itália

Solo Project – PARC, Lima, Peru

2014

Insustentável paraíso – Galeria Vermelho, São Paulo, Brasil

André Komatsu – Galleria Continua, San Gimignano, Itália

2013

Corpo Dócil – Galeria Vermelho, São Paulo, Brasil

2012

Solo Project ARTBO, Bogotá, Colômbia

2011

Solo Project ARCO, Madrid, Espanha

2010

Acaso por Intenção – Galeria Vermelho, São Paulo, Brasil

Concreto/Periódico – Galeria Natalie Seroussi, Paris, França

2009

Soma Neutra – Galeria Vermelho, São Paulo, Brasil

2007

Quando ramos são subtraídos – Galeria Vermelho, São Paulo, Brasil

2006

Projeto Bolsa Pampulha – Museu de Arte da Pampulha, Belo Horizonte, Brasil

Tempo igual ação sobre espaço – Paço das Artes, São Paulo, Brasil

Alaska – Programa de Exposições 2005-2006 – Centro Cultural São Paulo, São Paulo, Brasil

 

Exposições coletivas

 

2020

Até onde a vista alcança   Galeria Athena , Rio de Janeiro, Brasil

Samba in the dark   Anton Kern gallery, Nova York, EUA

Nuovo Cinema Galleria  – Galeria Vera Cortes , Lisboa, Portugal

2019

Deslocal Olhão, São Paulo, Brasil

Oque não é floresta é prisão política Ocupação 9 julho, Sao Paulo, Brasil

No habrá nunca una puerta. Estás adentro Fundácion Santander, Madri, Espanha

OpenSpace – 15ª SP-Arte/ Ciccillo Matarazzo Pavilion , Sao Paulo, Brasil
Vaivém
  Centro cultural Banco do Brasil  (CCBB), São Paulo, Brasil

Segunda-feira – Galeria Vermelho , São Paulo, Brasil

Room for Failure –Piero Atchugarry gallery, Miami, EUA

2018

Navalha na carne – Paglione D’Arte Contemporanea (PAC), Milão, Itália

Ação e Reação – Casa do Brasil, Madri, Espanha

Horizonte de Sucessos – Espaço OTR, Madri, Espanha

2017

Troposphere – Beijing Minsheng Art Museum, Pequim, China

Ma – Galeria Luciana Caravello, Rio de Janeiro, Brasil

Potência e adversidade – Pavilhão Branco e Pavilhão Preto, Lisboa, Portugal

Avenida Paulista – Museu de Arte de São Paulo (MASP), São Paulo, Brasil

Trienal-Frestas –SESC Sorocaba, São Paulo, Brasil

Pedra no céu – Arquitetura e arte de Paulo Mendes da Rocha – Museu Brasileiro da Escultura e Ecologia (MuBE), São Paulo, Brasil

Toda janela é um projétil, é um projeto, é uma paisagem – SIM Galeria, Curitiba, Brasil

Desenho – SIM Galeria, Curitiba, Brasil

2016

Anything to declare, Icastic for Pecci Museum – Camera de Comercio di Prato, Prato, Itália

Quand fondra la neige ou ira le blanc? – Palazzo Fortuny, Veneza, Itália

In between, Galeria Bergamin Gomide, São Paulo, Brasil

Signal to noise – Galeria Simon Preston,Nova York, Estados Unidos

Coletiva – Galeria Vermelho, São Paulo,  Brasil

Clube de gravura 30 anos – Museu de Arte Moderna de São Paulo (MAM-SP), São Paulo,Brasil

Os muitos e o um – Instituto Tomie Othake, São Paulo, Brasil

Toda janela é um projétil, é um projeto, é uma paisagem – SIM Galeria, Curitiba, Brasil

2015

So much that it doesn’t fit here (É tanta coisa que não cabe aqui) – 56ª  Bienal de Veneza, Pavilhão do Brasil, Veneza, Itália

Quando o tempo aperta – Prêmio Indústria Nacional Marcantonio Villaça para as Artes Plásticas, Palácio das artes, Belo Horizonte, Brasil

Again for the first time – Galeria Durban Segnini, Miami, Estados Unidos

Quarta-feira de cinzas – Parque Lage, Rio de Janeiro, Brasil

Bienal das Américas – Museu de Arte Contemporânea de Denver (MCA), Colorado, Estados Unidos

Encruzilhada – Parque Lage, Rio de Janeiro, Brasil

O museu que há de vir – Fórum Eugénio de Almeida, Évora, Portugal

Open Plan – 11ª SP-Arte/Pavilhão Ciccillo Matarazzo, São Paulo, Brasil

2014

Beyond the Supersquare – Museu de Arte do Bronx, Nova York, Estados Unidos

Singularidades/Anotações: Rumos Artes Visuais – Itaú Cultural, São Paulo, Brasil

Do Valongo à Favela – Museu de Arte do Rio (MAR), Rio de Janeiro, Brasil

Experimentando Espaços 2 – Museu da Casa Brasileira, São Paulo, Brasil

Dispositivos para um mundo (im)possível (Roesler Hotel #25) – Galeria Nara Roesler, São Paulo, Brasil

Um Olhar sobre a Coleção – Galeria Hideo Kobayashi – Centro Cultural Usiminas, Ipatinga, Brasil

2013

Blind Field – Krannert Art Museum, Urbana, Illinois, Estados Unidos

Abrigo e o terreno. A arte e a sociedade no Brasil 1 – Museu de Arte do Rio de Janeiro (MAR), Rio de Janeiro, Brasil

2012

Sextanisquatsi – Desorden habitable – 10ª  Bienal de Monterrey,  Museu de Arte Contemporânea (MARCO), Monterrey, México

The Hive, 3 Trienal poli/gráfica de San Juan y El Caribe – San Juan, Porto Rico

Prêmio Indústria Nacional Marcantonio Villaça para as Artes Plásticas – Casa França Brasil, Rio de Janeiro, Brasil

Caminar la Linea – Galeria Max Estrella, Madri, Espanha

Under Construction – Art and architecture – Coleção Teixeira de Freitas – TEA, Tenerife, Espanha

2011

Os primeiros 10 anos – Instituto Tomie Othake, São Paulo, Brasil

Landknowere- timeout – El Ranchito / Matadero, Madri, Espanha

An other place – Galeria Lelong, Nova York, Estados Unidos

Transição – Galeria Leme, São Paulo, Brasil

Projeto Travessia – Complexo da Maré, Rio de Janeiro, Brasil

Caos e efeito – Instituto Itaú Cultural, São Paulo, Brasil

The Peripatetic School: Itinerant drawing from Latin America – Drawing Room, Museu de Arte Moderna de Middlesbrough (Mima), Londres, Inglaterra

Bienal Mercosul – Geopoéticas, Porto Alegre, Brasil

Prêmio PIPA – Museu de Arte Moderna do Rio de Janeiro (MAM- RJ), Rio de Janeiro, Brasil

The natural order of things – Galeria Max Wigran, Londres, Inglaterra

Ustedes Nosotros – Centro Cultural da Espanha, Guatemala

2010

Para ser construídos – Museu de Arte Contemporânea de Castilla e León (MUSAC), León, Espanha

Pra começo de século – Museu Dragão do Mar (MAC), Fortaleza, Brasil

A sombra do futuro – Instituto Cervantes, São Paulo, Brasil

20 anos do programa de exposição – Centro Cultural São Paulo (CCSP), São Paulo, Brasil

Paralela – Contemplação do mundo – Liceu de Artes e Ofícios, São Paulo, Brasil

Ponto de Equilíbrio – Instituto Tomie Othake, São Paulo, Brasil

2009

7ª Bienal do Mercosul / Grito e escuta , Porto Alegre, Brasil

AfterUtopia – Centro per l’Arte Contemporanea Luigi Pecci, Prato, Itália

Collector Collecting – 32 Gallery, Londres, Inglaterra

Deste lado – Instituto Goethe, São Paulo, Brasil

Por aqui – Galeria Vermelho, São Paulo, Brasil

Rastilho – BNB Fortaleza, Ceará, Brasil

Artérias e Capilares – Galeria Vermelho, São Paulo, Brasil

Exposição de Verão – Galeria Silvia Cintra + Box 4, Rio de Janeiro, Brasil

Vértice – Galeria Millan, São Paulo, Brasil

4ª Paralela – Liceu de Artes e Ofícios, São Paulo, Brazil

2008

Cícera – inauguração do projeto de Héctor Zamora, São Paulo, Brasil

When Lives Become Form – Museu de Arte Contemporânea de Tóquio (MOT), Tóquio, Japão

Seja Marginal, Seja Herói – Galeria Georges-Philippe & Nathalie Vallois, Galeria Natalie Seroussi, Paris, França

Arte.Brasil-Japão. Moderno e Atual – Museu de Arte Contemporânea da Universidade de São Paulo (MAC), São Paulo, Brasil

Oriente/Ocidente, 100 anos da Imigração Japonesa – Centro Cultural São Paulo (CCSP), São Paulo, Brasil

Quando vidas se tornam forma – Museu de Arte Moderna de São Paulo (MAM-SP), São Paulo, Brasil

Laços do Olhar – Instituto Tomie Othake, São Paulo, Brasil

2006

This is not a love song – Galeria Vermelho, São Paulo, Brasil

Coletiva Programa de Exposições – Centro Cultural São Paulo (CCSP), São Paulo, Brasil

Rumos Itaú Cultural Artes Plásticas 2005-2006 – Instituto Itaú Cultural, São Paulo, Brasil

Limite como Potência – Museu Nacional de Belas Artes (MNBA), Rio de Janeiro, Brasil

 2005

Vorazes, Grotescos e Malvados – Paço das Artes, São Paulo, Brasil

Verbo – Galeria Vermelho, São Paulo, Brasil

17° São de Arte Contemporânea da Praia Grande – São Paulo, Brasil

3ª Bienal de Gravuras de Santo André Paço Municipal, Santo André, Brasil

 2004        

Digitofagia Sound and Image Museum – Museu da Imagem e do Som (MIS), São Paulo, Brasil

Política e Arte Contemporânea na Ocupação Prestes Maia MSTC – Avenida Júlio Prestes, São Paulo, Brasil

 2003

Modos de Usar – Galeria Vermelho, São Paulo, Brasil

Latinidades-território de anti-espetáculo – Sesc Pompéia, São Paulo, Brasil
Giroflexxxx – Galeria Vermelho, São Paulo, Brasil
A Casa Onírica – VI Semana Fernando Furlanetto – Espaço Cultural Fernando Arrigucci, São João da Boa Vista, Brasil

 2002

Plural – Galeria Regina Pinho de Almeida, São Paulo, Brasil

Desdobramentos-Desenho – Museu de Arte Contemporânea (MAC), Americana, Brasil

Marrom – Galeria Vermelho, São Paulo, Brasil

Genius Loci – O Espírito do Lugar – Circuito Vila Buarque de Educação e Cultura, Instituto Maria Antonia, São Paulo, Brasil

2001

Primeiro Circuito Noturno das Artes – Galeria Luisa Strina, São Paulo, Brasil

33ª Exposição Anual de Belas Artes – Fundação Armando Álvares Penteado (FAAP), São Paulo, Brasil

Políticas Pessoais – Museu de Arte Contemporânea (MAC), Americana, Brasil

Casa da Grazi – Espaço Cultura, São Paulo, Brasil

Figura Impressa –Galeria Adriana Penteado, São Paulo, Brasil

50 + 5 – São Paulo, Brasil

São Paulo/ Universidades – Galeria Euroart-Castelli, São Paulo, Brasil

2000

Fumaça 1 – Happening – Fundação Armando Álvares Penteado (FAAP), São Paulo, Brasil

32ª Exposição Anual de Belas Artes – Fundação Armando Álvares Penteado (FAAP), São Paulo, Brasil

Zananocio – Dois– Dois Studio, São Paulo, Brasil

1999

31ª Exposição Anual de Belas Artes – Fundação Armando Álvares Penteado (FAAP), São Paulo, Brasil

 

Prêmios

2012

Future Generation Art Prize (Finalista) – Pinchuk Art Centre, Kiev, Ucrânia

2011

Prêmio Indústria Nacional Marcantonio Vilaça para as Artes Plásticas, Brasil

 Illy Art Caffe – Arco, Madri, Espanha

2009

Programa de Residência Internacional do Bronx Museum, Nova York, EUA

2005

Bolsa Pampulha – Museu de arte da Pampulha, Belo Horizonte, Brasil

Temporada de Projetos – Paço das Artes, São Paulo, Brasil
17º Salão de Arte Contemporânea da Praia Grande, São Paulo, Brasil

2000
Exposição Anual de Belas Artes
– Fundação Armando Álvares Penteado (FAAP), São Paulo, Brasil

 

Residências

2010

El Ranchito – Matadero, Madri, Espanha

2009

Programa de Residência Internacional do Bronx Museum, Nova York, EUA

2005 

Programa de residência do Museu de Arte da Pampulha – Belo Horizonte, Brasil

 

Coleções públicas

TATE Modern, Londres, Inglaterra

Fundação Serralves, Contemporary Art Museum, Porto, Portugal

Museu de Arte Moderna do Rio de Janeiro (MAM-RJ), Rio Janeiro, Brasil

Museu de Arte Moderna de Nova York (MOMA), Nova York, EUA

Museu de Arte Moderna de São Paulo (MAM-SP), São Paulo, Brasil

Pinacoteca do Estado de São Paulo, São Paulo-SP, Brasil

Middlesbrough Institute of Modern Art (MIMA), Middlesbrough, Inglaterra

Fundação ARCO, Espanha

Coleção Moisés e Diana Berezdivin, Miami, Estados Unidos

Coleção  Rubell, Miami, Estados Unidos

Museu of Modern Art of Voorlinden, Holanda

Museu de lo Banco de la República, Bogotá, Colômbia

Museu d’Art Contemporani di Barcelona (MACBA), Barcelona, Espanha

Museu Brasileiro da Escultura e Ecologia (MUBE), São Paulo, Brasil